Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
Morrer na solidão Poesias > Solidão 29/06/15 102
DESENCONTROS DE AFAGOS Poesias > Solidão 01/05/11 52
POR ONDE ANDAS? Poesias > Solidão 24/09/10 211
A FUGA Poesias > Solidão 01/02/10 16
AMOR FANTASMA Poesias > Solidão 28/01/10 40
DISTÂNCIAS Poesias > Solidão 13/01/10 30
DO DIA À NOITE, DA NOITE AO DIA Poesias > Solidão 09/01/10 23
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php