Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
A FLOR DA PEDRA Poesias > Bucólicas 16/01/10 84
A FONTE E O MAR Poesias > Bucólicas 21/01/11 87
A FUGA Poesias > Solidão 01/02/10 16
A FUGA E O ENCONTRO Poesias > Saudade 25/04/12 100
A IDEIA Poesias > Pensamentos 01/12/11 44
A MORENA DO RIACHO Poesias > Recordações 09/01/10 32
A PALAVRA Poesias > Pensamentos 13/04/10 44
A poesia nas palavras Poesias > Dedicatórias 08/02/16 150
A SÁBIA AMANTE E O IGNORANTE AMADO Poesias > Amor 22/02/10 41
A TUA PACIÊNCIA Poesias > Paz 04/05/10 61
A VOZ DO SILÊNCIO Poesias > Bucólicas 05/03/10 30
ABRAÇO DO ARCO-ÍRIS Poesias > Bucólicas 15/06/11 62
AI! DE TI , HAITI Poesias > Social 20/01/10 35
ALMA DE POETA Poesias > Dedicatórias 21/01/10 34
Amado rio Poesias > Natureza 16/04/18 33
AMOR E MÁGOA Poesias > Amor 23/01/10 74
AMOR FANTASMA Poesias > Solidão 28/01/10 40
AMORES DA ANGOLA Poesias > Amor 27/01/12 271
AMORES NÃO DITOS Poesias > Amor 27/12/10 59
ANIVERSÁRIO DA VIDA Poesias > Comemorativas 01/04/10 42
Página 1 de 7 1 2 3 4 5 6 7 [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php