Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
PSICOGRAFIA DE FERNANDO PESSOA Poesias > Comemorativas 20/09/10 665
TUA NUA LIBERDADE Poesias > Sensuais 09/08/12 376
SAPATOS AMARELOS Poesias > Amor 03/01/10 322
SAUDADE DE MIM MESMO Poesias > Saudade 11/01/10 313
IDAS E VINDAS Poesias > Alegria/Felicidade 07/04/12 285
AMORES DA ANGOLA Poesias > Amor 27/01/12 272
CÍLIOS AMADOS Poesias > Amor 19/10/11 258
RODA VIVA Poesias > Esperança 15/01/13 231
POEMA PUNGENTE Poesias > Amor 15/03/12 211
POR ONDE ANDAS? Poesias > Solidão 24/09/10 211
ÁRVORES MULHERES Poesias > Bucólicas 08/05/10 190
NADA ME FALTA Poesias > Amor 25/03/11 186
PRAZER INFINITO Poesias > Pensamentos 30/09/13 177
TEU OLHAR Poesias > Amor 11/02/13 166
AURORA Poesias > Amor 26/12/11 157
ORIGEM DE EROS Poesias > Amor 29/12/09 156
A poesia nas palavras Poesias > Dedicatórias 08/02/16 152
PRESENÇA DA TUA AUSÊNCIA Poesias > Amor 10/07/12 146
CARPE DIEM Poesias > Amor 29/02/12 142
DESNUDAR Poesias > Sensuais 24/05/12 140
Página 1 de 7 1 2 3 4 5 6 7 [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php