Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
CÍLIOS AMADOS Poesias > Amor 19/10/11 258
Cine Bangüê do Espaço Cultural Crônicas 21/02/16 58
Circunstâncias Guarabirenses Crônicas 09/01/10 54
CIÚME DO PERFUME ALHEIO Poesias > Amor 12/09/10 23
Ciúme, fatos, coisas e crime Crônicas 09/03/17 121
COBERTOS PELA NOITE Poesias > Amor 21/11/12 95
Coincidências, apenas circunstanciais Crônicas 21/10/16 137
Coisas como passatempo Crônicas 18/08/11 74
Coisas de Criança Crônicas 06/10/11 64
Coisas íntimas, coisas públicas Crônicas 08/11/17 263
COISAS NOTURNAS Poesias > Amor 14/08/11 110
Com Ares de Sorbonne Crônicas 13/04/10 29
Comemorações de Natal Crônicas 14/12/13 103
Comidas de Ano Novo Crônicas 26/12/10 2672
CONCERTO DE CAMENAS Poesias > Amor 12/11/10 56
Confundem-se independência e dependência Crônicas 08/09/17 113
Confusão e confusões construtivas Crônicas 28/06/19 79
Contemplai as aves do céu Crônicas 19/01/18 155
Conto Sagrado de um Pecado Laico Crônicas 20/04/12 88
Conversa de barbearia Crônicas 06/07/10 82
Página 10 de 34 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php