Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
Caminhoneiros, greve e alzheimer social Crônicas 28/02/15 124
Tomie Othake, gueixa da pintura Crônicas 21/02/15 76
A La Ursa Crônicas 13/02/15 105
A Petrobras não come capim... Crônicas 05/02/15 173
Ah! Se definissem as coisas... Crônicas 30/01/15 61
A PENA DE MORTE, DA INDONÉSIA À PARAÍBA Crônicas 23/01/15 98
Je suis Charlie? Peut-être... Crônicas 15/01/15 163
Ricardo compara-se consigo mesmo Crônicas 10/01/15 196
O ano velho continua Crônicas 03/01/15 82
DEUS NASCEU NO EXÍLIO Crônicas 25/12/14 75
A pobreza cuida da humanidade Crônicas 20/12/14 52
Wellington Aguiar Crônicas 12/12/14 80
Sinecuras partidárias Crônicas 05/12/14 35
Lendo por um espelho Crônicas 29/11/14 85
Barulho infernal Crônicas 20/11/14 88
A estátua de Augusto dos Anjos Crônicas 14/11/14 163
Centenário, uma só vez Crônicas 05/11/14 54
Dona Daura, a professora Crônicas 31/10/14 112
O dia do voto Crônicas 24/10/14 66
Mujica, trabalhador e franciscano Crônicas 17/10/14 66
Página 11 de 32 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php