Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
Amor e Morte de um Profeta Crônicas 15/11/12 74
Trecho de Carta Cartas 13/11/12 65
Augusto dos Anjos à sua espera Crônicas 10/11/12 123
Relatório das Naves do Céu Crônicas 02/11/12 92
O Monologuista não fala sozinho Crônicas 27/10/12 93
Imaginações sobre o mar Crônicas 21/10/12 76
Por que engrinaldam a mulher? Crônicas 12/10/12 87
Osias Gomes, do orador sacro ao tribuno Crônicas 30/09/12 179
Por que pintar o céu? Crônicas 27/09/12 127
HÁ QUANTO TEMPO... Poesias > Amor 23/09/12 133
A Primavera, Mulher das Estações Contos > Cotidiano 20/09/12 176
A natureza não as fez mudas... Crônicas 13/09/12 100
FRUTOS DA DÚVIDA Poesias > Desilusão 11/09/12 77
Crédito e Descrédito da Pesquisa Eleitoral Crônicas 07/09/12 49
Joacil e a Academia de Letras Crônicas 30/08/12 70
Chico Cardoso e o V Fesmuza Crônicas 23/08/12 75
FUGA DO ENCONTRO Poesias > Amizade 22/08/12 116
Remédios Irremediáveis Crônicas 16/08/12 100
Flechas que se tornam arcos Crônicas 09/08/12 143
TUA NUA LIBERDADE Poesias > Sensuais 09/08/12 371
Página 18 de 33 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php