Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
As muriçocas se afastam do mar Crônicas 28/02/19 151
A nova carótida de Wills Crônicas 21/02/19 213
Ignorância Poesias > Reflexão 15/02/19 51
Paulo Soares: médico, amigo e vaqueiro Crônicas 13/02/19 120
Repetição das variações Crônicas 08/02/19 115
Soterrando o operário em construção Crônicas 31/01/19 184
E a idade avança Crônicas 24/01/19 174
Que bela romã! Crônicas 18/01/19 145
Prudente coragem Poesias > Alegria/Felicidade 16/01/19 44
Carlos Romero, pássaro sem amarras Crônicas 09/01/19 165
A Preta Gertrudes Crônicas 04/01/19 118
Convite ao tempo do Ano Novo Crônicas 27/12/18 145
Natal: o bom é imperecível? Crônicas 20/12/18 131
Matam porque matam Crônicas 13/12/18 105
O desejo e suas perturbações Crônicas 07/12/18 134
Quem chora ri Crônicas 28/11/18 80
O Cabo Branco da Arquiteta Poesias > Natureza 27/11/18 39
A cidade, a cidadã e o cidadão Crônicas 24/11/18 127
Simplesmente, a República Crônicas 14/11/18 114
Cores ao Dia da Bandeira Crônicas 09/11/18 78
Página 3 de 35 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php