Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
Chico, o artista brasileiro Crônicas 07/01/16 250
CÍLIOS AMADOS Poesias > Amor 19/10/11 238
A pátria de Vassoura Crônicas 22/08/15 237
O Exemplo de Catolé do Rocha Crônicas 23/05/13 236
O caçador de borboletas Crônicas 02/03/18 235
O bredo da Semana Santa Crônicas 18/04/14 235
Flávio Colaço Crônicas 21/04/17 234
Professor Luizito Crônicas 20/11/15 233
Namorado Maquiavélico Crônicas 16/06/11 233
Memória às coisas do passado Crônicas 16/02/18 231
RODA VIVA Poesias > Esperança 15/01/13 231
Catolé do Rocha Crônicas 21/02/13 230
Mãe, natureza que desaparece Crônicas 09/05/12 226
Ricardo nos leva ao kibutz Crônicas 16/03/18 225
Morre João Bosco, da casa dos Fernandes Crônicas 12/01/17 223
Deserto, dúvida e esperança Crônicas 23/03/18 222
"É a mãe..." Crônicas 05/05/11 221
Existencialismo na solidão Crônicas 07/12/17 220
Sobre matar e comer humanos Crônicas 26/04/12 216
A Crônica de Damião Ramos Cavalcanti Crônicas 04/12/17 211
Página 3 de 33 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php