Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
TERRAS DO REI Poesias > Amizade 16/11/10 54
CONCERTO DE CAMENAS Poesias > Amor 12/11/10 56
O TEMPO DO MERCENÁRIO Poesias > Paz 02/11/10 37
PERDIDOS NA NEVE Poesias > Amor 20/10/10 76
DEUS CRIOU DARWIN Poesias > Pensamentos 05/10/10 46
POR ONDE ANDAS? Poesias > Solidão 24/09/10 211
PSICOGRAFIA DE FERNANDO PESSOA Poesias > Comemorativas 20/09/10 641
FAROL Poesias > Bucólicas 12/09/10 21
CIÚME DO PERFUME ALHEIO Poesias > Amor 12/09/10 23
SONHOS VAZIOS Poesias > Amor 31/08/10 92
QUANDO CRIANÇA Poesias > Pensamentos 29/08/10 36
ENTRE ROSAS E BILHETES Poesias > Amor 19/08/10 58
SOBREPOSIÇÃO Poesias > Amor 16/08/10 20
IMORTAL Poesias > Transcendentais 03/08/10 28
PÔR DO SOL Poesias > Bucólicas 27/07/10 26
O MEU MITO Poesias > Pensamentos 25/07/10 35
PRECE OPERÁRIA Poesias > Espiritualistas 30/06/10 13
VIDA DE PEDRA Poesias > Pensamentos 24/06/10 26
POESIA Poesias 16/06/10 14
EXISTÊNCIA E LIBERDADE Poesias > Alegria/Felicidade 15/06/10 29
Página 4 de 7 1 2 3 4 5 6 7 [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php