Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
PRECE À MUSA Poesias > Pensamentos 05/06/10 16
RASTROS NO CORPO Poesias > Amor 04/06/10 28
MAPOCHO, ÁGUAS REVOLTAS Poesias > Amor 28/05/10 18
DEPOIS DE EVA, A MULHER Poesias > Amor 26/05/10 22
PÉTALAS VADIAS Poesias > Amor 13/05/10 32
SONHO REAL Poesias > Pensamentos 13/05/10 22
ÁRVORES MULHERES Poesias > Bucólicas 08/05/10 190
A TUA PACIÊNCIA Poesias > Paz 04/05/10 61
MULHER LIBERTA Poesias > Amor 30/04/10 20
BEIJO NO ESPAÇO Poesias > Amor 29/04/10 31
CAVALGANDO Poesias > Alegria/Felicidade 16/04/10 104
A PALAVRA Poesias > Pensamentos 13/04/10 44
VONTADES INIBIDAS Poesias > Amor 11/04/10 33
BENEVOLÊNCIA Poesias > Esperança 09/04/10 19
VIRTUS IN MEDIO Poesias > Pensamentos 05/04/10 16
ANIVERSÁRIO DA VIDA Poesias > Comemorativas 01/04/10 42
ESCATOLOGIA Poesias > Pensamentos 29/03/10 10
POETA IN EXTREMIS Poesias > Espiritualistas 23/03/10 25
ANOS LUZ Poesias > Amor 18/03/10 26
AS COISAS Poesias > Alegria/Felicidade 17/03/10 51
Página 5 de 7 1 2 3 4 5 6 7 [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php