Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos

AI! DE TI, HAITI

Damião Cavalcanti

Ai de ti, Haiti!
Tu não conheces
Teus agressores,
Aqueles invasores,
Tomadores de terra.
Sobre ondas dos mares,
Em naves sangrentas,
Com cultura em altares,
Em língua estrangeira,
À colônia navegam,
Terremotos da terra.
Colonizadores,
Dos tempos que passam,
Trouxeram essas dores
E, nessa ilha espaço,
O povo detratam.
Gente na pobreza,
Sob casas no chão,
Chora a tristeza,
Sorri o perdão.
Damião Ramos Cavalcanti
Enviado por Damião Ramos Cavalcanti em 20/01/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Texto de Damião Ramos Cavalcanti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php