Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos


                        O escritor, esse mágico...

          Escrever exige mais magia do que ler; em ambas ações acontecem mágicas, muito além daquelas transformações que já vi  no circo: O mágico fazer de um coelho ovos de galinha e dos ovos,  cartas de baralho. Observava que tudo girava em torno das compridas mangas e  da elegante e longa cartola do ilusionista . Notava-se  que o segredo das transformações se escondia no alisar da sua casaca e ao nos cumprimentar com a cartola. Menos "seu" Alegria que nos hipnotizava  à luz do sol, na Praça do Coreto de Itabaiana:  Ao balançar a árvore,  folhas secas caíam iguais a notas de 100 sobre as quais a meninada se amontoava no chão, querendo agarrar cédulas de dinheiro. Mas , quando as retirava do bolso eram apenas folhas do velho cajueiro...
          O escritor treina com um lápis e um papel. Depois de "ensaios e erros", usando a borracha, ganha coragem para apresentar sua mágica ao público. Uns se agradam com o que lêem; outros não encontram no texto algum interesse.  Contudo, somente o escritor, esse mágico, sabe o que lhe custou para subir ao picadeiro e exibir-se  à plateia, transformando carne e sangue em palavras, oferecendo-se  em ideias, em imagens  para ser degustado e digerido pelo leitor. As palavras são comidas, como pipocas, compulsiva e sequencialmente em sentenças, de quem  oferece aos leitores  partes de si mesmo. Contudo, há os que ,indiferentes, rejeitam o prato à mesa. Negam-se comungar com o escritor o que, no solitário sacrifício, ele escreve.  "Seu"Alegria  nos iludia quando transformava a simplicidade das folhas secas na luxúria do dinheiro; porém,  o dom da escrita é uma  mágica que não nos engana: Ao  aparecer magia numa folha em branco, acreditamos nas  "segundas intenções" do escritor, conforme sua clareza e beleza nas primeiras...  
Damião Ramos Cavalcanti
Enviado por Damião Ramos Cavalcanti em 14/11/2015
Alterado em 14/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Damião Ramos Cavalcanti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php