Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos


                   Caçado e cassado porque mentiu

           O meu mestre e confrade na APL, Francisco Pereira Nóbrega, costumava comparar o político à virgem, tendo como parâmetro a sinceridade. Explicava  ele, tendo concluído, ouvido ou lido de não sei de quem,  que a virgem quando diz  'não' significa 'talvez'; quando diz 'talvez' significa 'sim', e quando, 'sim', não é mais virgem. Já o político, ao dizer 'sim' está falando 'talvez' ; 'talvez', estaria a dizer 'não' e quando diz 'não', ele não é político.
          Corrigindo a generalização que universalmente atinge até alguns políticos honestos e algumas virgens sinceras, tal  trocadilho argumenta o quotidiano da vida: A  realidade, sendo a política usada arte de enganar ou iludir, ao contrário do que preceituou o filósofo Aristóteles: A política como arte de bem viver na polis ou na sociedade, respeitando-se o bem comum e não procurando tão somente o seu próprio ou interesses e vantagens pessoais... Muito se misturam as qualificações dos que mentem com as daqueles que têm dupla ou mais de uma "personalidade". Esses, publicamente, o que afirmam pela manhã, contradizem à tarde ou negam à noite.
          Bem  se conceitua que mentir não é dizer o que é falso, desde que esteja errando, mas sendo sincero. Também o mentiroso, equivocando-se, pode tentar não ser sincero e dizer o que é verdade. Tudo isso explicita que mentir é, por qualquer interesse, contrariar a sinceridade ou ser insincero, o que rotineiramente ocorre. Estranha-se que mentir sendo dentre muitos políticos coisa corriqueira, dê-se menor importância à gravidade de esconder fortunas ilícitas, fora do país, o que querem "legalizar" , "inocentando-se" praticantes desse crime contra o erário público, o que é pior do que a mentira. Enfim, toleram os que enganam, traem, iludem, mentem a todos nós e à República; quanto a esses, o que se depara: O intolerável é mentir ao Conselho de Ética... 
Damião Ramos Cavalcanti
Enviado por Damião Ramos Cavalcanti em 18/09/2016
Alterado em 18/09/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Damião Ramos Cavalcanti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php